Dicas úteis para criar a sua Pasta de Emergência

Pasta de emergência

Pare por um momento e pergunte-se: neste preciso momento sei onde localizar todos os meus documentos importantes assim como os da minha família? E se não puder ser eu a localizar esses documentos, há forma fácil de alguém de confiança os localizar? Estão categorizados e organizados? Este artigo pretende dar-lhe dicas úteis para criar a sua Pasta de Emergência para aceder a tudo o que precisa num momento de emergência

A nossa autonomia e privacidade são realmente muito importantes, mas imprevistos podem surgir e por vezes necessitamos de ajuda. É muito comum existir um elemento da família que toma conta de tudo quanto é documentação, mas a situação complica-se quando esse elemento por alguma razão não está disponível. Gera-se confusão e perda de tempo na procura da informação ou do documento necessário, e por vezes nem chegamos a encontrar o que de momento é necessário. A praticidade em situações de emergência é muito importante.

Dicas úteis para criar a sua Pasta de Emergência • Orgazine

Aqui ficam as minhas dicas para criar e organizar esta pasta pasta de emergência que pode ser tão importante na sua vida.

A criação de um sistema organizado onde estão compilados documentos e informação importante será muito útil em situações de emergência. Esse sistema organizado chama-se “Pasta de Emergência”, e deverá ser criado antes que a emergência surja. O ditado diz “O seguro morreu de velho” pois não queremos experienciar o “Depois de casa roubada, trancas à porta” …

O objetivo desta “Pasta de Emergência” é tornar a sua vida e a da sua família muito mais simples. Irá funcionar como as caixas que tem escrito no vidro “Quebrar em caso de emergência”. Todos sabem que existe e onde está localizada e isso traz mais tranquilidade pois funciona como um centro de controle de documentação.

O seu conteúdo deverá ser adaptado a cada individuo ou família, mas, de uma forma generalista, deverá ser dividido em 3 separadores principais: informação pessoal, informação financeira, informação de saúde.

Dentro desses 3 separadores é adequado criar subcategorias para mais rapidamente ser localizada a informação pretendida.

Quando iniciar a tarefa de criar esta pasta vai perceber que tem muita informação para organizar, poderá até não ficar completo! Mas não se preocupe, pois é um processo que poderá e deverá ser atualizado a qualquer momento, quando necessário. Muito importante será informar as pessoas de confiança onde se encontra esta pasta, para poder ser consultada em caso de emergência.

Esta pasta pode existir em formato físico ou digital, pense o que para si lhe fará mais sentido.

Então o que poderá conter cada categoria? Irei dar algumas dicas, no entanto não se limite a elas. São isso mesmo: dicas.

No separador da informação pessoal, para cada pessoa, escreva o nome, morada, número fiscal e de sistema(s) saúde, estado civil, contacto telefónico, entidade patronal. Caso tenha registos online adicione os dados para acesso aos mesmos.

 No separador de informação financeira, para cada pessoa, escreva o nome da(s) entidade(s) bancária(s) onde tem conta aberta; todos os dados sobre seguros -apólices de vida (e respetivo(s) beneficiário(s)), saúde, veículos, multirriscos, acidentes trabalho…; empréstimos vigentes; investimentos; contratos de água, luz, gás, internet, telefone…. Faça uma listagem de todos os cartões de débito e crédito e do respetivo contacto para eventual cancelamento. Não esqueça de adicionar todos os registos online e respetivas passwords.

Por fim, no separador de informação de saúde inclua os sistemas de saúde a que cada membro da família se encontra vinculado; nome do(s) médico(s) assistente(s) e respetivo contacto; medicação regular; alergias; tipo de sangue; patologias existentes, vacinas tomadas, resultados de exames médicos. Mais uma vez não esqueça de adicionar registos online existentes e respetivas passwords.

Talvez nunca tivesse pensado nesta opção, mas acredite que criar uma pasta destas irá deixá-lo menos ansioso. Sentirá que qualquer eventualidade estará assegurada por um bom método de compilação de documentação e informação. A vida tem tantos imprevistos, mas se pudermos antecipar estas situações acredito que haverá uma maior paz de espírito.

Agora mãos à obra e crie a sua pasta de emergência! Deixe de ter as informações importantes dispersas e compile tudo na sua pasta de emergência.

Ana Ferreira

Imagens by: http://icons8-team-FcLyt7lW5wg-unsplash.jpg e http://julien-l-sLrw_Cx6u_I-unsplash.jpg

Quer comentar?

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Scroll to Top